sexta-feira, 9 de maio de 2014

Dê a Cesar o que é de Cesar, e dê a Deus o que é de Deus

Quando ouvimos dizer "dê a Cesar o que é de Cesar, e dê a Deus o que é de Deus", logo pensamos (ou querem/tentam nos fazer pensar) que devemos pagar impostos e taxas (dar a Cesar) e entregar dízimos e ofertas em instituições religiosas (dar a Deus).

Cristo mal podia imaginar que muitos utilizariam Suas palavras para pedir/angariar dinheiro através dos dízimos e das ofertas. Ele nos ensinou que devemos sim pagar impostos, taxas, etc (dar a Cesar). Mas também mostrou que devemos nos entregar a Deus (dar a Deus).

Os discípulos perguntaram a Jesus se era lícito pagar tributos a Cesar, e Jesus disse aos seus discípulos: "Mostrai-me a moeda do tributo. E eles lhe apresentaram um dinheiro. E Ele diz-lhes: De quem é esta efígie e esta inscrição? Dizem-lhe eles: De César. Então Ele lhes disse: Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus." (Mateus 22:19-21)

Se havia a imagem de Cesar na moeda e por isso deviam dar a Cesar o que era dele (pagar os tributos cobrados por Cesar, que nos dias de hoje seriam os credores, os governos), por que devemos dar dinheiro às instituições religiosas, sendo que não há a imagem de Deus na moeda, no dinheiro? 

Você pode se perguntar onde está a imagem de Deus, já que não está na moeda/dinheiro? A resposta é simples: A IMAGEM DE DEUS ESTÁ EM NÓS; SOMOS A "MOEDA" DE DEUS ("E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança;" Gênesis 1:26). 

Cristo nos disse, de forma simples e descomplicada, que devemos dar a Cesar o que é de Cesar (pagar tributos; pagar o que devemos aos nossos credores), e dar a Deus o que é de Deus (nos entregar a Ele; vivermos com Ele, por Ele e para Ele).

Se você ainda não entregou sua vida para Cristo, faça isso agora mesmo! Cristo está a uma oração de você. Deixe Jesus ser seu amigo. Deixe-O ser o Senhor e Salvador de sua vida. 
Que a partir de agora você viva com Cristo, por Cristo e em Cristo! 

Que o Espírito Santo fale mais aos nossos corações!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este blog não se responsabiliza pelos comentários nele publicados.